Síndico que atirou em morador do Jardins Mangueiral, no DF, mostra vídeo e diz que agiu em legítima defesa

Caso foi registrado na polícia como lesão corporal. Síndico, que é PM, divulgou imagens das câmeras de segurança do condomínio; veja.

A discussão entre vizinhos que acabou com um morador baleado pelo síndico foi na última quinta-feira (19), no Condomínio Jardins Mangueral , no DF. As imagens das câmeras de segurança foram divulgadas nesta segunda-feira (20), pelo próprio síndico, que é policial militar. Nelas é possível ver o momento do confronto entre o síndico, que diz ter agido em legítima defesa, e o morador (veja vídeo).


Síndico de prédio diz que agiu em legítima defesa ao atirar em homem após discussão
Segundo a polícia civil, o morador baleado é Pedro Paulo Henrich Neto. O confronto entre ele e o síndico, Hebert Henrique, teria acontecido depois da troca de ofensas em um grupo de Whats App, entre o síndico e a mulher de Pedro, que não concorda com a gestão do condomínio.

O caso foi registrado na Central de Flagrantes na semana passada, mas ainda não foi encaminhado à delegacia da região. Pedro, baleado na perna, teve alta do hospital. O síndico foi enquadrado por lesão corporal.

Fonte: G1.
Compartilhar

Por: Paulo Melo

0 comentários:

Postar um comentário

ABRASSP - Associação Brasileira de Síndicos e Síndicos Profissionais