Dicas para ser um bom síndico

Veja as sugestões mais importantes na lista da ABADI (Associação Brasileira das Administradoras de Imóveis)

Veja as dicas da Associação Brasileira das Administradoras de Imóveis para um bom síndico:

• Ter experiência
• Amplo conhecimento das técnicas administrativas, contábeis e tributárias;
• Entender de gestão de pessoas, liderança e outras responsabilidades inerentes ao cargo, como a civil e a criminal
• Ser qualificado – há diversos cursos na área e a ABADI lançou recentemente um módulo de capacitação profissional para síndicos, subsíndicos, administradoras, gestores e demais profissionais
• Saber ouvir às demandas do condomínio
• Promover a integração com os moradores
• Promover reuniões periódicas para resolver questões do dia a dia e tomar decisões

Como ser um bom profissional?
A principal característica para quem quer ser um bom síndico é ser um bom líder, afinal é ele quem vai representar os condôminos e a administração do condomínio. É muito importante ouvir às demandas, saber lidar da melhor forma com as questões internas e promover a integração com os moradores. Promover reuniões periódicas também é uma boa forma para resolver questões e tomar decisões.

Quais características são importantes?
Para saber lidar com as exigências e os conflitos do dia a dia condominial, um bom síndico precisa ter conhecimentos em administração, direito, gestão de pessoas e liderança, além de outras responsabilidades inerentes ao cargo, como a civil e a criminal - talvez as duas mais importantes.

Qualificação é fundamental?
Sim. Um síndico qualificado é fundamental para o bom funcionamento de um condomínio. É imprescindível que o síndico entenda e saiba lidar com as necessidades e os desafios da área, como, por exemplo, ser capaz de equilibrar gastos e investimentos.

No ano passado, a ABADI lançou um curso de capacitação profissional para síndicos, subsíndicos, administradores, gestores e demais profissionais interessados em ingressar nesse setor, com o objetivo de ampliar as competências necessárias para gerir um condomínio.

O curso foi pensado com o objetivo de ampliar as competências necessárias para gerir um condomínio e obter da administradora responsável os melhores resultados. A próxima turma, que começará no dia 26 de fevereiro, oferece habilidades de gestão, comunicação e de negociação, que favorecem o diálogo e auxiliam a conduzir a gestão condominial de forma a trazer as interlocuções diárias para um patamar de eficiência e qualidade.

Fonte: G1.
Compartilhar

Por: Paulo Melo

0 comentários:

Postar um comentário

ABRASSP - Associação Brasileira de Síndicos e Síndicos Profissionais