Coronavírus: saiba o que é, como tratar, e como se prevenir em seu condomínio





O que é coronavírus?

Coronavírus (CID10) é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China. Provoca a doença chamada de coronavírus (COVID-19).

Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Por que o nome é coronavírus?

Porque essa família de vírus tem a característica de se parecer com uma coroa.

Período de incubação do coronavírus

Período de incubação é o tempo que leva para os primeiros sintomas aparecerem desde a infecção por coronavírus, que pode ser de 2 a 14 dias.

Período de transmissibilidade do coronavírus

De uma forma geral, a transmissão viral ocorre apenas enquanto persistirem os sintomas É possível a transmissão viral após a resolução dos sintomas, mas a duração do período de transmissibilidade é desconhecido para o coronavírus. Durante o período de incubação e casos assintomáticos não são contagiosos.

Fonte de infecção do coronavírus

A maioria dos coronavírus geralmente infectam apenas uma espécie animal ou pelo menos um pequeno número de espécies proximamente relacionadas. Porém, alguns coronavírus, como o SARS-CoV, podem infectar pessoas e animais. O reservatório animal para o coronavírus (COVID-19) ainda é desconhecido.

Quais são os tipos de coronavírus?


Os tipos de coronavírus conhecidos até o momento são:
Alpha coronavírus 229E e NL63.
Beta coronavírus OC43 e HKU1.
SARS-CoV (causador da Síndrome Respiratória Aguda Grave ou SARS).
MERS-CoV (causador da Síndrome Respiratória do Oriente Médio ou MERS).
SARS-CoV-2: novo tipo de vírus do agente coronavírus, chamado de coronavírus, que surgiu na China em 31 de dezembro de 2019.

Alguns coronavírus podem causar doenças graves com impacto importante em termos de saúde pública, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), identificada em 2002, e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS), identificada em 2012.

O Ministério da Saúde confirmou o primeiro caso positivo de Coronavírus em São Paulo, saiba como se prevenir da doença aqui no condomínio e no Distrito Federal.

No último dia 26/02, o Ministério da Saúde confirmou o primeiro caso positivo de Coronavírus na capital paulista, considerado o primeiro no país e em toda a América Latina. O órgão informou que, além deste caso, há mais 20 casos em investigação e 59 suspeitas já foram descartadas.

A doença foi categorizada, pelo Ministério da Saúde, como gravidade moderada a leve, o que significa que o Brasil não corre risco de uma epidemia, assim como outros países, como China e Itália.

ENTENDA A DOENÇA: O Coronavírus é um vírus conhecido desde meados de 1960, que causa infecções respiratórias em seres humanos e animais, semelhantes a um resfriado comum.

O vírus pode ficar incubado por duas semanas, período e que os primeiros sintomas levam para aparecer.

COMO É A TRANSMISSÃO? Pode ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de espirro, catarro, tosse, saliva, ou contato com objetos ou superfícies contaminadas.

SINTOMAS: Tosse, dificuldade para respirar, febre.

ALGUMAS FORMAS DE PREVENÇÃO: Lavar as mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes; Higienizar as mãos com álcool em gel após períodos em locais públicos, como metrôs, ônibus, cinema, restaurantes; Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir; Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas; Manter os ambientes ventilados; Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença; Caso apresente os sintomas, procurar um médico e em caso de suspeita da doença, informar ao síndico e o zelador do seu prédio.

Prevenção é a melhor maneira de reduzir riscos de infecção, e é uma responsabilidade de todos! Faça sua parte!






Portal Cidades e Condomínios por Jornalista Paulo Melo 61 98225-4660 Sugestão de pauta: cidadesecondominios@gmail.com #Cidades #Condomínio #PauloMeloJornalista #CidadeseCondomínios
Compartilhar

Por: Colibri Comunicação

0 comentários:

Postar um comentário

ABRASSP - Associação Brasileira de Síndicos e Síndicos Profissionais