Hemoba faz campanha de doação de sangue em condomínios durante pandemia

Iniciativa tem como objetivo facilitar a participação dos doadores durante o período de isolamento social em Salvador

Foto: Divulgação/Hemoba.

A partir desta segunda-feira (18), a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) passará a coletar sangue em condomínios em Salvador. A iniciativa tem como objetivo facilitar a participação dos doadores durante o período de isolamento social e regularizar a situação do estoque de sangue, que atingiu seu nível de crítico em todas as unidades de coleta da Bahia. A primeira coleta será realizada de 18 a 22 de maio, das 8h às 17h, no condomínio Le Parc Residential Resort, na avenida Paralela, em Salvador. O condomínio possui cerca de cinco mil moradores.

Os condomínios interessados em receber a campanha “Hemoba em Casa. A solidariedade mora ao lado” devem procurar o setor de Captação de Doadores da Fundação Hemoba, para realizar a inscrição através do e-mail conta.captacao@hemoba.ba.gov.br e telefone (71) 3116-5663. Para participar da ação é necessário que o condomínio tenha um salão de festas amplo e cerca de 500 moradores aptos para a doação.

O síndico do Condomínio Le Parc, Vivaldo Lima, comenta que “em tempos de isolamento social, as boas ações nos aproximam das pessoas. Cada um pode contribuir com a sociedade de alguma forma, especialmente com aqueles que se encontram em situação crítica. Toda crise nos oferece uma oportunidade de sermos melhores e sairmos mais evoluídos como seres humanos. O condomínio Le Parc apoia essa causa e convida a todos para se doarem um pouco.”

Entre médicos, enfermeiros, técnicos, cadastradores e assistente social, cerca de doze profissionais são envolvidos no processo. Iara Matos, coordenadora de coleta e captação de doadores da Hemoba, explica o funcionamento da campanha: “Após a manifestação de interesse, realizamos uma visita técnica no condomínio para verificar se o local se adequa às exigências sanitárias e só então montamos a estrutura de coleta. O síndico faz uma lista prévia e agenda o horário de doação de cada morador, que aguarda em sua casa até o momento da doação de sangue. Assim, evitamos aglomerações e garantimos a segurança de todos”.

Para Fernando Araújo, diretor da Fundação Hemoba, a campanha é mais uma estratégia de fortalecimento da coleta de sangue durante a pandemia. “Além do plano de ação que montamos com as doações com hora marcada, em todas as unidades da Hemoba na capital e interior, as coletas nos condomínios vão evitar o deslocamento das pessoas durante a quarentena. Alguns bairros de Salvador já estão sofrendo lockdown e precisamos continuar atendendo aos casos de emergência, às cirurgias eletivas e demais pacientes oncológicos, com anemias crônicas e com outras doenças hematológicas que necessitam da transfusão de sangue”,pontuou.

Segundo Araújo, a Hemoba continua recebendo os voluntários espontâneos, sem necessidade de agendamento, mas sugere que o doador compareça de forma sistematizada. Para agendar a doação é preciso preencher um formulário no site da Hemoba (www.hemoba.ba.gov.br), enviar um email para horamarcada@hemoba.ba.gov.br ou ligar diretamente para uma das unidades. Em Salvador, o número de atendimento é o (71) 3116-5643.

Quem pode ser doador
Pessoas entre 16 e 69 anos podem doar sangue. Além disso, é necessário pesar acima de 50 quilos e estar bem de saúde. Candidatos à doação de sangue com idade entre 16 e 17 anos deverão estar acompanhados pelo responsável legal. Não é recomendado a doação para o candidato que teve diagnóstico de hepatite após os 10 anos de idade ou mulheres grávidas ou que estejam amamentando.
Compartilhar

Por: Paulo Melo

0 comentários:

Postar um comentário

ABRASSP - Associação Brasileira de Síndicos e Síndicos Profissionais