'Síndico que obedecer plano de biossegurança define o que funciona em condomínios', diz Marquinhos

Ele alega que o projeto foi construído com médicos, vigilância sanitária e cientistas para combater o coronavírus

Crédito: Reprodução/Vídeo

Durante live realizada na manhã deste sábado (16), nas redes sociais, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) disse que todas as decisões que foram tomadas pelo síndico dos condomínios existentes em Campo Grande, estão embasadas no decreto publicado ontem (15).

Ele alega que cada síndico vai adequar as regras de biossegurança e definir se pode ou não liberar as áreas de lazer. “Você que mora dentro de um condomínio deve observar as orientações e regras decididas em assembleia realizada pelo sindico. Ele esteve participando de toda construção do plano de biossegurança, portanto, se ele fechar a área da piscina é porque ele está embasado cientificamente para fazer, se ele autorizar o uso da quadra de tênis, está autorizado pela ciência”.

O Chefe do Executivo afirma que existem pessoas que utilizam as normas de isolamento social para atribuir a culpa ao prefeito. “Às vezes as pessoas confundem com maldade para atingir a minha pessoa, mas todos os dados são decididos através de médicos, cientistas, da vigilância sanitária, ninguém aqui está criando regras ou fabricando obrigações”.

Conforme o prefeito, continua proibida a realização de festas com aglomerações de pessoas no salão de festas desses locais de moradia. “Se reúna com seu sindico, que ele vai lhe passar todo regramento do decreto combinado e confeccionado com a presença de todos eles e da Ordem dos Advogados do Brasil”.
Compartilhar

Por: Paulo Melo

0 comentários:

Postar um comentário

ABRASSP - Associação Brasileira de Síndicos e Síndicos Profissionais