O que cabe ao síndico em meio à pandemia? Advogada de Guarapari explica

Para a Dra. Maieli Marques de Oliveira, é preciso muita atenção ao determinar as medidas restritivas no condomínio

Imagem ilustrativa | Reprodução: Pixabay

Em mais um conteúdo da série “Aspectos jurídicos, direitos e deveres em meio à pandemia”, o assunto são os reflexos projetados em relação aos moradores de um condomínio e até onde vão os limites do síndico, o que ele pode ou não determinar.

O síndico pode impedir a entrada e a circulação das pessoas em áreas comuns como escadas e corredores? O acesso e a permanência em áreas comuns não essenciais, como piscina e parquinho, por exemplo, podem ser proibidos?

Essas e outras questões quem responde é a Dra. Maieli Marques de Oliveira. Os detalhes estão no vídeo da advogada e pós-graduanda em Direito Imobiliário e em Processo Penal:
Compartilhar

Por: Paulo Melo

0 comentários:

Postar um comentário

ABRASSP - Associação Brasileira de Síndicos e Síndicos Profissionais